Cantor Católico: 8 dicas para cuidar bem da sua voz!

O cantor Católico é a pessoa que oferece sua voz para exaltar a Deus. Seu canto é um serviço agradável ao Senhor. E por causa da importância da música para a evangelização, ele é solicitado muitas vezes, e às vezes chega até a participar de mais de uma Missa no mesmo dia. 

Por isso, sua voz precisa de cuidados, atenção e repouso também. Para ajudá-lo a celebrar o dia do cantor, preparamos este post com 8 dicas para ajudar a cuidar bem da voz.

Por que o cantor Católico precisa cuidar da voz

Imagine o padre sem as mãos? Como seria para celebrar? Impossível. Da mesma forma o cantor Católico! A voz é seu instrumento de serviço e não há canto sem voz! Mas a voz não funciona sozinha, ela depende das cordas vocais e outros fatores para funcionar bem.

As cordas vocais ou pregas vocais são duas faixas triangulares de tecido que ficam no topo da traquéia. Enquanto o cantor católico respira, elas ficam abertas e, quando ele fala ou canta, elas fecham. 

Além de se estreitarem para notas mais agudas e ficarem mais soltas para notas mais graves. Assim, para que o canto flua livremente, é preciso cuidar das cordas vocais e de alguns membros que influenciam na saúde das pregas.

Por exemplo, a região do pescoço, se estiver muito tensionado, prejudica as cordas vocais. É por isso que realizar exercícios com frequência na região da cabeça, dos ombros e do pescoço ajuda a manter as pregas mais livres e relaxadas para o canto.

8 dicas para o cantor Católico zele pelo seu dom

O canto é um meio muito rápido e belo de evangelizar. Quantas pessoas são cativadas e experimentam o amor de Deus através da música. Isso simboliza a responsabilidade que o cantor católico possui de cuidar bem da sua voz a fim de que ela exerça bem essa missão.

Para tanto, selecionamos 8 dicas que sempre ajudam a manter as pregas vocais sadias e prontas para o canto. Lembre-se que por mais que a graça de Deus atue através da sua voz, há cuidados que apenas o músico faz. Então observe e pratique essas dicas: 

#1 Beba água

A melhor bebida para o cantor católico é a água, porque essa bebida simples é responsável pela lubrificação das pregas vocais. No entanto, beber água logo antes do ensaio, durante ou depois não é o procedimento correto.

Então cultive o hábito de beber água constantemente, a cada meia hora, no máximo. E de preferência na temperatura natural, porque estamos sempre falando, logo as pregas estão aquecidas, e a temperatura influencia no bem-estar delas. Portanto, tenha sempre água por perto.

#2 Aqueça e desaqueça corretamente a sua voz

O aquecimento vocal faz parte da rotina do canto católico. Esse exercício vocal não compete apenas às estrelas do canto, mas a todas as pessoas que cantam, principalmente quando se exerce um serviço na Igreja e para Deus.

Logo, aqueça a sua voz antes de começar a cantar. Há uma variedade de exercícios que ajudam antes e depois do canto. Por exemplo: 

  • Comece com exercícios de relaxamento para aquecer os músculos faciais – afrouxe a boca e os músculos da mandíbula soprando através dos lábios, esticando a língua o máximo que puder, massageando o rosto e suspirando com voz.
  • Faça barulhos com a boca fechada,  roncos suaves nos lábios ou trinados na língua. Somente quando você sentir que seu rosto, boca e voz estão se soltando, você deve começar a cantar notas reais. Esse processo leva de 10 a  20 minutos. 

#3 Tenha uma boa postura para cantar

Para manter a saúde das pregas vocais, é preciso observar diversos pontos além da técnica vocal, entre eles está a postura corporal, afinal o corpo canta junto com a voz, e o cantor católico precisa descobrir sua melhor forma de cantar. 

Mas qual a melhor posição e como saber? Para isso é preciso buscar orientações técnicas na área da música para dizer qual o timbre de sua voz, qual o melhor tom para cantar; ajudar com exercícios para o diafragma; e a melhor posição do corpo para cantar.

Vale a pena destacar que a roupa também influencia no canto. Ela precisa ser leve, não apertar a região do diafragma e possibilitar uma boa locomoção. Tudo isso ajuda a melhorar o desenvolvimento do canto.

#4 Descanse as cordas vocais 

Você passou o dia cantando em algum evento e ao final se sentiu bem cansado fisicamente? Isso acontece porque quem canta gasta muita energia. A prega vocal é um músculo que trabalha muito, logo precisa descansar.

Por isso, depois de um evento, ensaio, audição ou show, tire um tempo para descansar a prega vocal, uma vez que uma voz sem descanso é candidata a lesões que impedem o uso da voz para qualquer ação, não apenas cantar. 

Então, reserve um tempo para descansar a voz. Isso significa não falar, não cantar e definitivamente não sussurrar, o que é terrível para as cordas vocais. Como todo membro, a voz precisa de tempo para se regenerar, então, quanto mais você descansa, melhor. 

#5 Evite certos alimentos ou substâncias

A pergunta é: cantar é importante para você? A pergunta é bem pessoal, mas para o cantor católico o canto é uma missão fundamental que o faz zelar por sua vida inteira por causa do amor que ele tem pelo Senhor da missão.

Então, não é difícil entender que determinadas substâncias são nocivas não apenas para a voz, mas para a vida. Entre elas estão o cigarro, a fumaça, a bebida, chocolate, leite e derivados, café, refrigerante, alimentos gordurosos, etc. 

Mais a frente vamos citar sobre alimentação, mas desde já é importante sinalizar alguns inimigos da voz. Claro que não é possível evitar todo tipo de fumaça, mesmo porque há carros, poluição, poeira e fumantes em todos os lugares, porém evite consumo e aproximação. 

#6 Não cante se sentir dor na garganta

É normal seguir a vida com dor. Dificilmente podemos nos privar de trabalhar, por exemplo, se estamos com uma rouquidão por causa de alergia ou outros fatores, mas não é possível cantar, porque os prejuízos para as pregas vocais são bem grandes.

Logo, nunca cante se estiver rouco ou com dor na garganta e também não ignore a dor. Mas procure descansar, beber mais água, falar o mínimo possível e se não melhorar, procure um profissional para as devidas orientações. 

#7 Mantenha uma alimentação saudável

Uma dieta saudável pode melhorar todos os aspectos da sua vida, incluindo sua voz. Muitas frutas e vegetais, grãos integrais e proteínas magras lhe darão energia e vigor. É importante evitar leite e derivados porque eles podem engrossar o muco e prejudicar sua performance.

Antes de qualquer missão, consuma alimentos leves e ricos em fibras, porque um estômago cheio pode pressionar seu diafragma, tornando mais difícil respirar profundamente. Isso, naturalmente, se torna um obstáculo para a sua voz.

Leia também: Intercessão pelos artistas católicos: por que orar por este ministério?

#8 Cantor Católico, reze pela sua voz!

A oração é o combustível do cantor católico. Sua vida em missão é reflexo do seu encontro pessoal com o Senhor. E entre tantas preces e louvores, não pode faltar a oração pela saúde das pregas vocais e por tudo que envolve o uso da voz.

Portanto, reze por sua voz, cante ao Senhor os louvores que Ele o inspirar, consagre-se à Virgem Maria, a mulher do louvor por excelência, e sempre procure agradar a Deus através de uma vida santa. Tudo isso faz a diferença quando se trata de servir a Deus.

Por fim, essas dicas, com certeza, farão a diferença no exercício do seu ministério de cantor católico. Que Deus o abençoe sempre em sua jornada. 

Conheça o novo single da Raquel Carpejani: “Me convidas” 

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
Email

Leia também:

Rezemos uns pelos outros

“A intercessão é uma oração de petição que nos conforma de perto com a oração de Jesus. É Ele o único intercessor junto do Pai em favor de todos os homens, em particular dos pecadores. Ele ‘pode salvar de maneira definitiva aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus, uma vez que está sempre vivo, para interceder por eles.” (Catecismo da Igreja Católica, 2634)

Leia mais »

Deixe um comentário

Comunidade Recado

© 2021 comunidade católica recado. feito por fluxo soluções digitais.

plugins premium WordPress