Ser uma família toda de Deus: 5 características

“A ALEGRIA DO AMOR que se vive nas famílias é também o júbilo da Igreja”. Assim, o Papa Francisco começa seu documento sobre a família e nos recorda que cada uma é um dom de Deus.

Quando Deus criou o homem e a mulher, já pensou na família. Por isso, ela é um projeto que nasceu no coração Dele. Portanto, nossa primeira gratidão a Deus precisa ser pelo lar, porque ela continua gerando filhos e filhas para a sociedade e para a Igreja. 

E cada um de nós veio dessa instituição sagrada que compreende, não apenas nossos pais e irmãos, mas os avós. Eles, a cada dia, têm assumido a educação dos netos em virtude da necessidade dos pais de trabalhar.

Portanto, a família cresceu em número e responsabilidade. E Deus olha para cada uma delas, mas também nós desejamos retribuir esse carinho divino, aprendendo a torná-la toda de Deus.

Por isso, preparamos este post com 5 características de uma família toda de Deus. Vamos juntos abraçar esse desafio e oferecer à Igreja uma família com desejo de santidade.

 #1 Dica – A oração em família

Sabemos o quanto a oração é importante para a vida cristã. E a Palavra de Deus nos alerta que quando rezamos juntos, o Senhor está entre nós.

Por isso o Papa Francisco – grande incentivador da igreja doméstica – nos diz que “a família está ‘viva’ se estiver unida em oração”. 

Portanto, rezar é uma atitude de uma família toda de Deus. Praticar a oração juntos, diariamente, em um dia da semana, ou apenas uma vez ao mês, de acordo com a realidade de cada uma. Porém, o mais importante é perseverar na escolha de ser de Deus.

E quando ela reza junta, diz aos problemas e aos desafios do mundo que há um Deus antes de todas as coisas, fiel e providente, zeloso e ciumento, e que não deixará o mal vencer na vida daqueles que ama.

Sendo de oração, o casal e seus filhos se tornam também missionários. Ela transborda essa graça para outras casas e assim vai circulando o grande amor de Deus em muitos corações.

Que tal fazer a oração do Papa pelas famílias. 

#2 Dica – Família e Palavra de Deus

A Palavra de Deus é fonte de sabedoria. Ela educa e forma os homens e as mulheres de Deus em todos os tempos. E há muitas passagens bíblicas que falam sobre o relacionamento entre pais e filhos.

No entanto, apesar do dever que temos em ler a Bíblia, não podemos nos esquecer de que os ensinamentos da Boa Nova nunca são imposição, mas propostas. Não podem ser impostos, mas sugeridos. 

E o Papa Francisco novamente nos diz que “a família é forte quando redescobre a Palavra de Deus”. A família toda de Deus, redescobre junta, os ensinamentos da Palavra a partir da partilha e do diálogo. 

É importante ler e compartilhar juntos, deixar os pequenos ouvirem e os maiores se expressarem sem se preocupar com pregações, nem doutrinação, porque a Palavra, por si só, gera fruto até enquanto eles dormem (cf. Mc 4,26).

#3 Dica – 3 A prática da caridade 

Uma família, de mudança para outro estado do Brasil, resolveu doar parte dos brinquedos de seu único filho para uma casa de acolhida de crianças. O casal foi pela primeira vez com o filho de seis anos. 

Ao entrarem, foram surpreendidos pela alegria de 13 crianças afastadas de suas famílias por causa da violência doméstica. A dor invisível daquelas crianças se transformou em amor para aquela família.

Eles ficaram tão emocionados que disseram: “nunca fomos tão amados”. Incrível o que a caridade com o outro realiza na família!

E o Papa Francisco novamente nos fala que a família é “generosa” se permanece aberta à vida, não discrimina e serve os mais necessitados. Socorrer os pobres é uma característica de uma família toda de Deus.

O mundo será salvo pela fraternidade de cada um de nós. A exemplo de Cristo, que entregou Sua vida, também nós, com gestos concretos, podemos favorecer muitas famílias que não têm o pão material e nem o pão da Palavra.

#4 Dica – A família toda de Deus celebra o perdão

O perdão em família é fundamental para levar adiante o projeto de Deus que é a salvação do homem. Há muitos desafios que circulam na sociedade e, consequentemente, na família e a maioria deles é pela falta de perdão.

Assim, os problemas do mundo moderno vão para dentro de casa e algumas vezes afloram dentro da família, como a violência doméstica, que aumentou na pandemia, e tem suas causas na fragilidade moral e social. 

Por isso, falar de perdão, também é tocar nas feridas da humanidade. Toda pessoa tem o direito de ser ouvida e de escutar. O testemunho de uma família passa pela escuta dos seus membros e pelo perdão. 

Logo, é indispensável o exercício do perdão cedo; entre pais e filhos, para recomeçar. Assim a fragilidade é acolhida com uma resposta de amor e não com uma punição que causa indiferença e distanciamento entre os membros de uma casa. 

#5 Dica – Celebração do mistério pascal

“A Igreja é família de famílias”, diz o Papa Francisco na Amoris Laetitia. E o Cristo Eucarístico é o centro dessas duas instituições divinas – a Igreja e a família.

Sendo assim, a família celebra cada etapa de suas vidas na Igreja e esta se prepara com os sacramentos para recebê-las. Como é bonito educar os filhos na fé desde o batismo, a crisma e os demais sacramentos de serviço.

Ser família de Deus é colocar a fé no centro da vida através da celebração dos sacramentos, principalmente a Eucaristia aos domingos.

Mas há ainda muitas oportunidades de participar da Igreja através de pastorais e movimentos. E também um caminho de vida consagrada para toda a família, através das Comunidades Novas, porque Deus sonha com a família consagrada em missão.

Logo é possível conduzir sua família para o caminho de Deus. Com amor e paciência, vamos deixando o caminho aberto para outras continuarem o mesmo projeto.

Leia mais: Você já refletiu sobre o papel da mulher na sociedade? 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Leia também:

Deixe uma resposta

Comunidade Recado

© 2021 comunidade católica recado. feito por fluxo soluções digitais.