Setembro amarelo e a saúde mental na vida do Artista

A saúde mental na vida do Artista é uma prioridade, porque a mente é responsável pela saúde de todo o corpo, por isso precisa ser bem cuidada. 

Alguém pode pensar que o artista, principalmente o cristão, não sente tristeza, não se decepciona, nem tem depressão. Na verdade, todos temos um pouco de cada um desses sentimentos e às vezes eles são maiores que nossas forças.

E ninguém tem culpa quando perde as forças durante a caminhada, ao contrário. Ser limitado não é pecado, nem fraqueza, mas descreve a natureza humana. 

Por isso, o mês de setembro traz como tema a prevenção ao suicídio – um assunto delicado, mas que nos alerta sobre os cuidados com a saúde da mente! E ninguém está privado de passar por situações difíceis, porém todos podem ajudar alguém! 

Saúde mental na vida do Artista

Diariamente, vivenciamos emoções, boas ou ruins, alegres, tristes, cansaço, estresse etc., mas que fazem parte da vida. O fato de a pessoa passar por vários sentimentos assim não  significa que ela esteja doente mentalmente.

O termo saúde mental está relacionado à forma como uma pessoa responde a diversas exigências e ao modo como organiza suas ideias e emoções ao longo da vida. A Organização Mundial de Saúde – OMS diz:

“Saúde mental refere-se a um bem estar no qual o indivíduo desenvolve suas habilidades pessoais, consegue lidar com os estresses da vida, trabalha de forma produtiva e encontra-se apto a dar sua contribuição para sua comunidade.”

Mas em nenhum momento ela se refere à saúde mental como ausência de problemas. Logo, o primeiro sinal de uma mente sã é reconhecer que há limitações, que não existe ninguém perfeito e que há dias bons e ruins para qualquer pessoa. 

O artista e a saúde mental

O tema da saúde é uma necessidade geral. E quando se trata da saúde mental, ninguém fica de fora! Principalmente na realidade globalizada em que vivemos, com inúmeras exigências, cobranças e informações sobre tudo ao mesmo tempo.

Parece, às vezes, que vivemos uma grande confusão, mesmo que ela esteja fora de nós! E quem é o artista em meio a esse panorama? É uma pessoa comum, como outra qualquer, porém, que possui um olhar diferente para falar ao mundo através das artes.

E quando se fala em arte não é apenas a encenação teatral, mas a música, a dança, a pintura, a escrita, a poesia, ou seja, toda forma de expressão que transborda a arte. E o artista é uma pessoa naturalmente sensível, forte e também vulnerável.

Logo, é preciso atenção! Porque o excesso de responsabilidade, a correria, as preocupações e até a quantidade de serviço seja na evangelização ou na vida diária pode causar doenças emocionais que resultam em problemas físicos.

Sinais de que a saúde pede socorro

Todos os anos, milhares de pessoas são diagnosticadas com doenças mentais no Brasil causadas por estresse, e a saúde mental do artista está entre elas. 

Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais que citamos abaixo porque o corpo pede socorro de diversas formas: 

* Problemas para dormir

Geralmente, problemas para dormir é sinal de que a saúde mental não vai bem, a chamada insônia! É importante se auto questionar para saber as causas, conversar com alguém e procurar um médico, caso essa situação se prolongue. 

* Preocupação excessiva

Todos temos preocupações, mas às vezes algumas esgotam nossas forças, ocupam espaço demais na mente e dominam nossa vida. Quando isso acontece, por períodos prolongados, pode causar problemas emocionais e físicos, afetando a saúde da mente. 

* Dificuldade de concentração

A falta de saúde mental causa desconcentração, porque prejudica o raciocínio e reduz a produtividade. Isso acontece porque o cérebro está cansado e não organiza bem as informações. É hora de parar e priorizar os cuidados com a mente.

* Sintomas físicos

Sabe o ditado que diz: mente sã, corpo são? O contrário é verdadeiro. Muitos sintomas físicos são resultados de problemas psíquicos, estresses, situações não resolvidas etc. E é comum as pessoas se automedicarem. Mas, se o problema for a falta de saúde mental, o remédio irá esconder as razões por um tempo muito curto.

O que podemos fazer pela saúde mental?

Vamos reforçar que a saúde mental do artista é tão exigente como a de qualquer ser humano. Significa que ele, assim como a criança, o adolescente, até o idoso, precisa adotar hábitos para prevenir situações mais sérias como depressão, por exemplo.

Existem dicas simples sobre como cuidar da saúde, também conhecidas pela maioria de nós, mas que valem a pena recordar:

  • Cuidar da alimentação;
  • Praticar atividades físicas;
  • Priorizar o descanso;
  • Cultivar momentos com as pessoas queridas;
  • Reservar um tempo para o lazer;
  • Buscar contato com a natureza;
  • Praticar a sua fé;
  • Conhecer a si mesmo;
  • Não esconder os problemas.

Prevenção na saúde mental na vida do Artista

A saúde mental é um tema muito vasto. Neste mês de setembro especialmente, há muitas pessoas que sofrem a ausência de seus entes queridos no silêncio de suas vidas. Por isso, tanto é importante cuidar da saúde pessoalmente como das pessoas que conhecemos.

É impossível prevermos o que a vida nos reserva, mas podemos nos precaver através da espiritualidade, da companhia de amigos e de hábitos saudáveis como sugerimos acima. E quando os dias difíceis chegarem, não estaremos sozinhos!

Você sabia que a Comunidade Recado pode ir até a sua cidade? Saiba mais aqui  

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
Email

Leia também:

Rezemos uns pelos outros

“A intercessão é uma oração de petição que nos conforma de perto com a oração de Jesus. É Ele o único intercessor junto do Pai em favor de todos os homens, em particular dos pecadores. Ele ‘pode salvar de maneira definitiva aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus, uma vez que está sempre vivo, para interceder por eles.” (Catecismo da Igreja Católica, 2634)

Leia mais »

Deixe um comentário

Comunidade Recado

© 2021 comunidade católica recado. feito por fluxo soluções digitais.

plugins premium WordPress