Três passos para viver em Deus!

Três passos para viver em Deus!

Estar em sintonia com Deus é aprender, pela presença Dele, o que O agrada! Essa sintonia gera em nós uma alegria que nos toma por completo, transformando o que antes era vazio em um sentimento de completude e fazendo-nos caminhar na santidade! A santidade nada mais é do que a alma em equilíbrio, é a busca incessante somada com vontade de se levantar de novo sempre, até que chegue o Céu! Torna-se para nós uma forma eficaz de caminhar, porque seu único objetivo é vivenciar o amor do Pai a cada dia, na certeza de que a força do Céu se faz presente cada vez que entramos em intimidade com Deus e essa força nos mantém perseverante.

O primeiro passo é a decisão, decidir-se por Deus e em Deus, entregar-se inteiramente em Tuas mãos, é ter um ato de fé e de confiança. Nosso querido São João Paulo II diz: “Deus quer restaurar o mundo e a reforma começa em seu coração”, por isso quando nós, seres humanos, nos decidimos por Ele, pela radicalidade e pela santidade e decidimos amar a Deus de todo o nosso coração, com toda nossa alma e com todas as nossas forças, conseguimos enfrentar toda tribulação que se levanta e ainda alcançamos uma renovação interior que fará brotar em nós novas e santas atitudes!

O segundo passo é o caminho da oração, essencial para o ‘SIM’ diário. A prioridade aqui é fator decisivo! Enquanto não dermos o primeiro passo que é a decisão, não conseguiremos dar o segundo que é a oração, ou seja, a decisão e a prioridade da oração partem ambas do livre arbítrio e ninguém poderá escolher em nosso lugar! “Quem procura conservar a sua vida vai perdê-la. E quem perde a sua vida vai encontra-la” (Mt 10,39). Não percamos tempo priorizando o mundo se é Deus quem nos prioriza a todo o momento! O tempo de nossa vida é curto, priorize encontrar sua Vida: Jesus! Ainda é válido ressaltar que nada bem adquirido na terra, sendo ele material ou intelectual, que não poderá ser apresentado no dia final, tem prioridade maior que nossa oração diária.

Enfim, chegamos ao terceiro e último passo: A memória! Quando nos lembramos de nosso primeiro ‘SIM’, do quanto Deus já nos amou e nos ama concretamente, essa memória se torna a força necessária que nos faz ter coragem para continuar e, assim, voltar ao passo 1: decidir-se por Cristo e assim recomeçar nosso caminho junto a Deus. Na Solenidade de Pentecostes no ano 2014, disse o Papa Francisco: “Um cristão sem memória não é um verdadeiro cristão: é um cristão pelo meio do caminho, é um homem ou uma mulher prisioneiro do momento, que não sabe fazer tesouro da sua história, não sabe lê-la e vivê-la como história de salvação.”

Esses passos constituem um triângulo que, interligado, se torna um meio eficaz de conversão e santidade e um caminho certo de felicidade nessa vida e de eterna felicidade no Céu!

Por Letícia Hayashi, membro da Comunidade Recado.

 

Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.