Só Deus tem autoridade para nos julgar.

Só Deus tem autoridade para nos julgar.

Não julgueis e não sereis julgados. Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes”. (Mateus 7, 1-2).

 

Em alguns momentos da nossa caminhada deparamos com pessoas que nos julgam, nos criticam e nos acusam.  E por vezes, também somos capazes de cometer esse ato até porque a nossa humanidade é frágil. Sinceramente, é muito difícil não julgar, porém precisamos nos esforçar para não cometermos esse delito. Quando julgamos tiramos de Deus toda a autoridade, só Ele é o justo juiz, como dizem as Sagradas Escrituras. E Ele nos julgará com a mesma medida com que julgamos nossos irmãos.

Às vezes, nos reunimos nas famosas “panelinhas “ e fazemos julgamentos desnecessários contra o outro. Esquecemos que somos capazes de ferir a dignidade e integridade do nosso próximo.  É fácil falar, julgar, criticar, porém, é mais difícil conhecer o outro, saber a sua história, é difícil calçar os sapatos do outro e compreender onde os seus pés estiveram, onde seu coração se feriu. A grandeza do amor passa pela nossa capacidade de não julgar o outro.

Nos esforcemos para lutar contra os sentimentos de julgamento porque estes também ferem o coração de Deus. Consolemos esse Coração com atos e gestos concretos de amor para com o nosso próximo. Busquemos no nosso dia a dia aprender a elogiar o nosso irmão, a admirar os seus dons e talentos, a amar como ele é, aceitar seu jeito e forma de ser. Compreendamos as suas tristezas e feridas, sejamos presença na vida dos nossos e que nossos irmãos saibam que eles podem sempre contar conosco.

Caso contrário, o julgamento só trará desconfiança e insegurança em nossos relacionamentos pessoais. E seremos julgados com a mesma medida. Peçamos ao Espírito Santo um coração capaz de amar, perdoar e sobretudo que nele não exista espaço para julgar nosso próximo.  Assim como diz Jesus: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. E se um dia te ferirem com palavras, responda com amor, porque o amor é capaz de plantar flores em nossos corações!

 

Por Rafaela Cassimiro, membro da Comunidade Recado.