Recomeço Ministerial

Recomeço Ministerial

Quando recebemos um CD como presente, isso desperta em nós certa ansiedade e curiosidade que, de primeira mão, não nos deixa prestar atenção em cada detalhe da canção. Após ouvi-lo muitas vezes, algumas melodias vão se alinhando na mente e em pouco tempo já é possível cantar alguns trechos, inclusive alguns nos levam por um breve instante a ter profundas experiências com o sagrado e acabam se eternizando na memória.

A música nos auxilia a lembrar de palavras e ideias que, de outra forma poderia cair no esquecimento. Na história do povo de Deus também foi e é assim. Vejamos no livro Deuteronomio. Deus, em sua infinita sabedoria, já tinha ciência de que os israelitas O esqueceriam e se curvariam aos ídolos, após se instalarem na Terra Prometida, consequentemente os problemas ressurgiriam.

Sabendo dessa possível condição, o Senhor, através do seu zelo alcançou a Moisés e ordenou que compusesse uma canção e em seguida a ensinasse aos israelitas para que dessa forma esse povo se recordasse com gratidão da proximidade que tiveram com o seu Deus no passado.

Meu querido músico, já é de conhecimento de que a vida é cheia de percalço, a todo momento surgem bombardeios que tentam limitar o anúncio da palavra de Deus impedindo o pastoreio que Deus confiou. Pois bem é justamente nesse momento que precisamos repetir a atitude de escuta demonstrada por Moises. Ser músico é ser profeta que primeiramente se coloca a escuta Daquele que sabe da intimidade e necessidades de um povo, para que assim suas atitudes – traduzidas em canção-sejam realmente salvíficas.

Se colocar a serviço através da música é proporcionar melodias que se eternizam na alma de um povo para que assim sempre seja lembrada a bondade de Deus pois Perfeita é sua obra, e justos todos os seus caminhos! (Dt 32, 3-4).

Por fim, se atualmente a surdez espiritual e as adversidades desse mundo têm limitado o seu ministério assim como o Senhor ordenou a Josué lhe digo: Sê forte e corajoso! A exemplo do povo Israelita que guardou aquele canto de ação de graças para sustento no tempo em que tudo parece desabar; use de sua arte/canção e pense no que Deus pode querer que você lembre sobre Ele hoje. Seu poder, Sua santidade, Seu amor ou Sua fidelidade... Viva um recomeço ministerial!

 

Por Piero Aguiar