Quanto mais simples, mais altos

Quanto mais simples, mais altos

"Deus gosta do que é pequeno. Ele se deleita com os detalhes."

O simples é Deus. O simples é puramente Deus. A simplicidade é uma porta do humano para o divino. Quanto mais simples somos, mais livres nos tornamos. E quanto mais livres estamos, mais alto podemos ir. Deus é tão simples, tão simples e... tão alto, tão alto que temos que ser também simples, rendidos, pequenos, fracos, a fim de deixar que Ele nos alcance.

O simples não carrega muitas coisas, é leve para ir alto, tão alto onde permita que Deus o alcance. O simples é capaz de observar, de se deleitar com os detalhes, de parar, de silenciar para perceber as pequenas coisas da vida. E nessa percepção vai tão alto, tão alto, que permite que Deus o alcance.

O simples não tem muitas vestes uma por cima da outra; não tem casaco, sobretudo; não tem segunda pele. O simples é apenas o que é, não tenta ser diferente ou dar a parecer que é diferente. Ele é a sua verdade e a mostra sem medo de retaliações. Ele se ocupa simplesmente de ser aquilo que foi criado para ser, nem mais nem menos... se ocupa e não se preocupa. No ser apenas o que é, vai tão alto que deixa Deus lhe alcançar.

É porque Deus é tudo, o tudo simples, o tudo amor. E o amor é simples. Deus gosta do que é pequeno. Ele se deleita com os detalhes. É eterno, não precisa se apressar, por isso ama observar nossos pequenos crescimentos e mexer com nossos pequenos detalhes. Deus é o que é e quer que nós sejamos, à semelhança Dele, aquilo que somos. Por isso espera que sejamos simples e que, assim, lhe demos alcance.

 

Por Priscilla Viégas, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

 

Clique aqui e leve a Comunidade Recado para dar formações, workshops artísticos, conduzir retiros e realizar shows na sua cidade!