Preciso deixar o sepulcro!

Preciso deixar o sepulcro!

“...Entrando no sepulcro, viram, sentado do lado direito, um jovem, vestido de roupas brancas, e assustaram-se. Ele lhes falou: Não tenhais medo. Buscais Jesus de Nazaré, que foi crucificado. Ele ressuscitou, já não está aqui. Eis o lugar onde o depositaram...” (Mc 16, 5-6)

Ao longo dessa caminhada que o Senhor nos chama a percorrer, estamos vivendo a morte do homem velho, deixando ao longo do caminho nossos medos, apegos, vícios, pecados, maledicências, concupiscência, traumas, resquícios do pecado, nossas seguranças e inseguranças, nossas resistências. Deixamos o controle, nossas vontades, nossas verdades. Deixamos as coisas ilícitas e lícitas. Deixamos nossos planos, nossos sonhos.

Mas é chegado o momento da caminhada em que tendo sido levados ao nosso deserto interior, chegamos enfim, à morte... ao sepulcro!

Cristo nasceu, cresceu e se tornou homem, se colocou a caminho para anunciar a Boa Nova da Salvação! Como sinal da Aliança Eterna de Amor de Deus com os homens, Cristo subiu ao Calvário, tomou sobre si nossos pecados e misérias, abraçou e amou a Cruz. Nela foi crucificado. Nela nos deu o Seu sangue, nos deu a conhecer a Misericórdia do Pai. Morreu por amor a nós!

Foi ao sepulcro para ali sepultar nosso homem velho e Ressuscitar, renascer para a Vida Nova! No terceiro dia, o Amor vence a morte, deixa o sepulcro para a Vida Nova!

O sepulcro está vazio!

Cristo rompeu as barreiras da morte e Ressuscitou!

O sepulcro está vazio!

Chegado esse momento da caminhada, nos encontramos também nós no sepulcro. Ali se encontra o corpo, a vida terrena, nossas misérias, fraquezas, limitações, nossa humanidade, nosso homem velho!

É preciso sair do sepulcro! Para que se cumpram as promessas de Cristo a nós, para que a Sua Glória seja manifestada, é preciso sair do sepulcro! Sair do sepulcro é literalmente deixar tudo! É sepultar o homem velho! É colocar a mão no arado e não olhar para trás! É ter coragem para sair e, mesmo sem saber o que nos aguarda lá fora de nós, confiar que lá está a verdadeira vida que Deus sonhou para nós!

Só contemplaremos o nascer do homem novo, a Vida Nova que Cristo nos deu ao ser crucificado, se deixarmos o sepulcro! Tendo chegado ao sepulcro, precisamos deixar ali o homem velho e abraçar a vida nova que se encontra do lado de fora de nós mesmos, do lado de fora do nosso ‘sepulcro interior’!

O sepulcro vazio é sinal do cumprimento das promessas de Cristo e da Glória de Deus em nossa vidas!

Não tenhamos medo de adentrar e sair do nosso sepulcro. Do lado de fora, Cristo nos espera, Ressuscitado, de braços abertos para nossa Vida Nova!

 

Por Laianne Viana, membro da Comunidade Recado.

 Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.