Pote consagrado. (Com Sagrado)

Pote consagrado. (Com Sagrado)

Pote consagrado. (Com Sagrado)

Talita Lima

 

Sou pote pequeno.

Tão pequeno que a água transborda.

Tão pequeno que às vezes sofre com a grandeza das coisas.

Pra quem nasce pequeno é difícil entender a grandeza das coisas.

Aí sofre.

Sofre com amor tão grande.

Sofre com tanta Beleza.

Sofre com tanta grandeza.

Mas sofre feliz.

Sou pote.

E pote de barro.

A água é tão limpa, tão transparente, tão sagrada...

Sou pote de sorte.

Fui escolhido.

Não sou pote qualquer.

Sou pote com Sagrado.

O Sagrado é grande.

E eu sou pote pequeno.

Por isso que às vezes eu sangro.

Sangro Sagrado por aí.

Sou pote pequeno.

Me acostumei assim.

Fui tentar ser pote grande, mas não deu certo.

E pote grande é pote sem graça.

Nele cabe muita coisa.

Mas ninguém se espanta:

Ele é grande mesmo.

No pote pequeno cabem coisas grandes.

E todo mundo se espanta.

Quando o pote é pequeno,

todo mundo olha pra água que cabe nele.

E o importante é que olhem pra água.

Grande mesmo é ser pote pequeno.

 

Qual a forma de fazer as formações católicas chegarem ao Brasil e ao mundo? CLIQUE AQUI e temos uma solução.