O que fazer antes de ir em missão?

O que fazer antes de ir em missão?

A expressão evangelho vem do grego euangelion que significa boa-nova. Essa foi a missão que Jesus confiou aos seus discípulos: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” (Mc 16,15).

O Catecismo da Igreja Católica nos diz: “A fidelidade dos batizados é condição primordial para o anúncio do Evangelho e para a missão da Igreja no mundo. Para manifestar diante dos homens a sua força de verdade e irradiação, a mensagem de salvação deve ser autenticada pelo testemunho de vida dos cristãos. ‘O testemunho de vida cristã e as obras realizadas com espírito sobrenatural são meios poderosos para atrair os homens à fé e a Deus’.” (Cat 2094).

Mas nos fica a pergunta: O que fazer entes de ir em missão?

Traduzindo o que o Cat nos diz quanto à fidelidade dos batizados, podemos entender por vivência do testemunho cristão, vida de oração, vivência dos Sacramentos e, de forma primordial a caridade.

Quando somos enviados a uma missão, seja ela qual for, cumprimos a ordem estabelecida pelo Senhor, de anunciar a todos a Boa-Nova.

Como missionários, possuímos algumas características marcantes:

1. vida sacramental, principalmente o Sacramento da Reconciliação e da Eucaristia, que é a Fonte de toda vida missionária;

2. disposição firme para seguir Jesus fielmente para onde Ele for e nos mandar ir;

3. coração cheio de gratuidade, ou seja, ausência de qualquer interesse em conquistar recompensas;

4. espírito de servidão, isto é, consumir-se pela missão, estar sempre disponível para as necessidade do povo de Deus;

5. vida de oração, ou seja, ser animado pelo Espírito Santo e estar aberto aos dons concedidos por Ele;

6. comprometimento com a Pessoa de Cristo e com Sua obra, afinal de contas, “não temos outra felicidade nem outra prioridade senão a de sermos instrumentos do Espírito de Deus na Igreja;

7. coração cheio de amor ao próximo que precisa encontrar-se com Jesus, o sentido da vida, isto é uma Obra de Misericórdia.

 

“A nossa missão é esquecermo-nos de nós mesmos. Somos tão pouca coisa! E não obstante Jesus quer que a salvação das almas dependa de nossos sacrifícios e do nosso amor...” (Santa Teresinha do Menino Jesus)

 

Por Flávio Cavalcante, Membro da Comunidade Recado

 

 

 

Quer fazer a evangelização acontecer no seu ministério? Então CLIQUE AQUI. Quer saber como ela pode chegar o mundo inteiro?! CLIQUE AQUI