O Papel do Diretor Teatral é importante?

O Papel do Diretor Teatral é importante?

É importante já dizer logo de cara que o papel de um diretor teatral importa sim. E muito! O diretor teatral é a figura que gera unidade ao grupo e é responsável por coordenar todos os trabalhos. Se esse diretor é uma pessoa com boa experiência teatral e boa capacidade de gerir grupos, então podemos esperar um bom resultado dos seus trabalhos.

Alguns grupos de teatro preferem trabalhar de forma mais colaborativa e sem uma hierarquia muito bem definida. Contudo, tal estilo de trabalho só é recomendado para grupos de pessoas com uma boa experiência teatral. Pode-se cair no risco de se fazer uma montagem teatral bagunçada e com muitos conflitos. Para que isso não ocorra é importante que se tenha uma liderança bem definida que estará à frente da montagem da peça de teatro. Essa pessoa é o diretor teatral. Ele fica encarregado de coordenar as demais equipes de trabalho artístico (iluminação, figurino, cenografia, sonoplastia, etc.) e gerar uma unidade fazendo com que todos trabalhem em prol de uma determinada visão do espetáculo. Essa visão vem do diretor. Em muitos casos o diretor é responsável por coordenar os ensaios e acompanhar o andamento do cronograma de atividades para que tudo seja feito em tempo hábil e com a melhor qualidade possível. Em outros casos ele pode delegar alguém para a função de encenador e essa pessoa irá lidar de forma mais direto com a condução dos ensaios.

Em muitos grupos de teatro católico é comum que uma mesma figura coordene o grupo, escreva e dirija as peças de teatro. Em alguns casos essa pessoa pode ainda vir a desempenhar ainda outras funções no teatro. É importante ter cuidado com isso. O ideal é que se trabalhe com equipes bem dividas e o diretor supervisione tudo. Com isso, evita-se sobrecarregar alguém e ainda se pode fomentar o desenvolvimento de novas habilidades nas pessoas que compõe o grupo de teatro. Um bom diretor de teatro não é uma pessoa centralizadora e autoritária, mas alguém que sabe extrair o melhor de cada pessoa envolvida no processo. No caso do teatro católico vale sempre lembrar a importância da caridade e do respeito no trato com as pessoas. Os diretores de teatro católico são chamados a se importarem com as pessoas que desempenham suas funções e a cada um é importante um espírito de cooperação e obediência em relação ao diretor.

A figura do diretor de teatro é tão importante que em muitos cartazes de divulgação de peças de teatro é o seu nome que aparece logo após o título da peça. O diretor recebe um texto de teatro escrito por um dramaturgo e trabalha com esse texto, dando a ele uma interpretação sua. Um mesmo texto pode gerar peças de teatro com estilos e dinâmicas diferentes dependendo dos diretores envolvidos. Essa é a beleza da arte! A possibilidade de múltiplos olhares e múltiplos sentidos atingindo as mais diversas pessoas de formas novas. É importante que todos os atores estejam dóceis a serem conduzidos. Eles podem e devem propor ideias, construir em parceria. Mas, estarem avisados de que a palavra final é do diretor teatral. Alguns diretores são muito diretivos. Gostam de indicar demais e de dar tudo muito “mastigadinho” e até mesmo de forma rígida para que o ator siga. Isso é um problema, pois inibe a capacidade criativa que cada ator possui. Outros diretores são flexíveis demais, molengas e permitem que alguns atores com personalidade forte demais se imponham ao grupo. O ideal é que o diretor se posicione no meio desses extremos e se assuma como um líder de um grupo. Nem é fazer tudo sozinho. E nem é se omitir diante das suas responsabilidades perante o grupo.

Por fim, é importante frisar que todas as funções são importantes para a montagem de uma peça de teatro. Mas, em um teatro que busque a evangelização a pessoa mais importante é Deus. Sendo Deus o mais importante, Ele precisa estar presente nos artistas envolvidos para que possa chegar ao público do espetáculo. Nesse sentido, o Diretor por excelência é Deus. Nós somos apenas servos inúteis e muito amados.

Por Leonardo Falconeri, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.