Instrumentista? 8 dicas para agilidade nas escalas!

Instrumentista? 8 dicas para agilidade nas escalas!

Com o intuito de aprimorar nosso dom e colocar a disposição do reino de Deus, segue uma dica para facilitar nossos estudos.

Como Conseguir Agilidade Em Escalas

Por Claudio Luiz

 

Hoje venho trazer um artigo com algumas dicas sobre Escalas. Tenho recebido alguns e-mails e comentários me pedindo um artigo sobre Agilidade em Escalas, não há muito mistério e nem um atalho para aprender mais rápido a trabalhar as escalas com agilidade, mas lhes mostrarei neste artigo, algumas dicas que uso até hoje (pois ainda estudo), para memorizar e treinar cada escala que não são poucas e obter um ótimo resultado no menor tempo possível, (Acesse aqui o artigo Escalas Maiores e Escalas Menores e conheça as escalas mais usadas).

Sabemos que o conhecimento das escalas é de suma importância para qualquer músico, mas trabalhar as escalas com agilidade não é uma tarefa muito fácil, requer muita força de vontade e horas de prática, em meio a um cotidiano muito agitado vemos muito músicos iniciantes desanimarem por não conseguirem atingir logo os seus objetivos, e por fim desistem achando que não são capazes, que não nasceram para tal função, mas espere, talvez só estejam fazendo da forma errada, lhes mostrarei agora algumas dicas muito importantes!

1 - Aprenda um modelo da Escala Maior por semana. Não tente decorá-los de uma vez só, isso não funciona para ninguém. Além do mais você tem tempo suficiente para aprender.

2 - Quando tocar a Escala comece sempre pela tônica. Isso fará grande sentido para você, pois ajuda na identificação das escalas. 

3 - Treine devagar, mas corretamente. É bem comum vermos músicos que estão iniciando, já quererem tocar com agilidade, treinar as escalas com muita rapidez, mas por não terem muita prática acabam errando mais do que acertando, por isso comece devagar, mas de forma correta e vá aumentando a velocidade aos poucos. 

partituraanimada
4 - Evite treinar uma escala seguida da outra. Não treine uma escala após a outra, por exemplo, Dó Maior, Ré Maior, Mi Maior, isso atrapalha um pouco, simplesmente por ser fácil demais e não trabalhar o seu raciocínio, por isso salte de uma escala para outra, por exemplo, Dó Maior, Sol Maior, Sí Maior. 

5 - Divirta-se com as escalas! Não existe melhor forma de aprender do que se divertindo. Quando você era criança, você aprendeu milhares de coisas enquanto brincava e nem percebia que estava fazendo muito mais do que brincar. Por exemplo,você aprendeu a andar brincando,aprendeu a distinguir as cores brincando e aprendeu que podia se machucar enquanto brincava também. Não ignore a fase mais divertida da sua vida! As crianças aprendem mais que os adultos porque brincam mais. 

6 - Treine exercícios de técnica e velocidade enquanto sobe e desce as escalas. Desse jeito você economiza tempo e aprende dois exercícios em um só. Por exemplo, você pode treinar a sua palhetada alternada enquanto toca um dos modelos da Escala maior. 

7 - Treine com um Metrônomo. O Metrônomo é fundamental para os músicos, existem muitos músicos que conhecem muitas técnicas, acordes, escalas, mas se perdem no ritmo, por isso use sempre o Metrônomo, ele é o melhor amigo de quem deseja tocar rápido e decorar escalas. O treino com o metrônomo é simples: Comece com um batimento bem lento e vá aumentando a velocidade progressivamente, até atingir o seu máximo. Com o passar dos dias o seu máximo será outro. 

8 - Varie a forma de tocar a escala. Existem infinitas combinações, você pode andar duas notas, voltar uma, tocar mais duas notas e voltar mais uma...Você pode pular notas das escalas...Use a sua imaginação e descubra várias possibilidades.

 

Fonte:

http://www.claudioluizmusic.com.br/2012/03/como-conseguir-agilidade-em-escalas.html#more

Pesquisado por: Carlos Ferreira

Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.