Entregar algo para Deus é uma atitude, mas descansar n’Ele precisa ser decisão.

Entregar algo para Deus é uma atitude, mas descansar n’Ele precisa ser decisão.

Vamos compreender, primeiramente, a diferença de atitude e decisão, segundo o Dicionário Dicio On Line:

Atitude: Maneira de se comportar, agir ou reagir, motivada por uma disposição interna ou por uma circunstância determinada; comportamento; modo que indica a posição do corpo; postura; objetivo, desejo; comportamento repleto por afetação.

Decisão: Ação ou efeito de decidir; determinação.
Resolução que se toma após deliberação, sentença ou juízo. 
P.ext. Tudo aquilo que se resolveu acerca de alguma coisa; deliberação.
Habilidade para chegar a uma conclusão ou resolver algum problema sem indecisão; coragem ou firmeza.

Por mais que as duas palavras se pareçam, há uma grande diferença entre elas. Quando analisamos a palavra decisão, vemos que se menciona a palavra CORAGEM! Atitude é algo que se deseja e é motivado no momento, porém, decisão é algo que não comporta dúvida e não será somente mediante uma determinada situação, mas sim, por completo.

Quando nós decidimos descansar em Deus, não necessariamente encontramos um sono calmo, tranquilo, sem alguns “sustos”, mas temos a certeza de que tudo que acontece é permissão d’Ele e Ele está ali, somente cabe a nós a fé em crer que Ele sabe de todas as coisas.

No Evangelho de São Mateus 8, 23-26, temos: “Subiu ele a uma barca com seus discípulos. De repente, desencadeou-se sobre o mar uma tempestade tão grande, que as ondas cobriam a barca. Ele, no entanto, dormia. Os discípulos achegaram-se a ele e o acordaram, dizendo: Senhor, salva-nos, nós perecemos! E Jesus perguntou: Por que este medo, gente de pouca fé? Então, levantando-se, deu ordens aos ventos e ao mar, e fez-se uma grande calmaria.”

Quantas vezes, em nossa vida, nós somos esses discípulos, que sabemos que Jesus está conosco, em nosso barco, mas pelos acontecimentos esquecemos que nos decidimos por Ele e pelo descanso n’Ele?

Na verdade, Jesus nunca dorme, mas Ele quer saber se realmente nós nos decidimos descansar n’Ele, ou se simplesmente foi uma atitude tomada momentaneamente.

Ele sabe a hora de acalmar a tempestade, mas Ele é tão sábio, que permite irmos até nosso limite, para que na verdade nós acreditemos mais em nós mesmos, e não nas nossas limitações. E compreender que podemos sempre confiar mais n’Ele.

Decidir-se por Deus não é ter uma vida sem as tempestades, tribulações e muitas vezes até tsunamis, mas há sim uma certeza: que descansar em Deus é certeza de que será acalmado tudo isso no tempo certo. É decidir-se por alegrar a Deus, o deixando ser o Deus de nossa história.

Que o Espírito Santo, hóspede de nossa alma, nos ensine o verdadeiro descanso no Pai, por decisão!

Por: Tadiane Biason – Graduada e Licenciada em Informática para Gestão de Negócios e Membro da Comunidade Recado.

Leve as formações e pregações da Comunidade Recado para sua cidade!

Qual a forma de fazer as formações católicas chegarem ao Brasil e ao mundo? CLIQUE AQUI e temos uma solução.