Dicas imperdíveis de aquecimento corporal

Dicas imperdíveis de aquecimento corporal

Toda atividade física traz benefícios à saúde e auxilia no bem estar. Todavia, existe algo fundamental a ser realizado antes de qualquer atividade física: o aquecimento. Para desempenharmos qualquer atividade física é essencial o aquecimento corporal. Os músculos necessitam de calor, por isso precisamos preaquecer o nosso corpo para a atividade desejada.

Ao executar um tipo de aquecimento simples, nosso coração aumenta a frequência cardíaca, elevando assim a pressão sanguínea (o sangue corre mais rápido nas artérias) e dessa forma, o corpo entra em calor. O principal objetivo do aquecimento é preparar o organismo para a atividade física, seja no treinamento, na competição, ou no lazer.

Para os ministros de arte de uma maneira geral, mas especificamente, os ministros de dança e teatro, cujo instrumento de evangelização é o corpo, o aquecimento é essencial para ser obter um bom rendimento e para prevenir lesões.

Existem dois tipos de aquecimento: o geral e o específico. O aquecimento geral deve possibilitar um funcionamento ativo do organismo como um todo e são exercícios que utilizam grandes grupos musculares.

Os principais objetivos do aquecimento geral são:

  • Obter um aumento da temperatura corporal, da musculatura e preparação do sistema cardiovascular e pulmonar para a atividade e o desempenho.
  • Fisiologicamente o aumento da irrigação tecidual garante um melhor suprimento de oxigênio e substratos ao tecido muscular, o aquecimento geral possibilita uma melhora do desempenho em função de um aumento do débito cardíaco e do volume respiratório.
  • No lado preventivo, a elevação da temperatura resulta em uma redução da resistência elástica e da resistência do atrito, músculos, tendões e ligamentos tornam-se mais elásticos ficando menos suscetíveis a lesões.

O aquecimento específico deve ser realizado após o aquecimento geral. Este tipo de aquecimento torna-se ainda mais importante em modalidades esportivas coordenativas ou que exijam força e reação rápida do praticante. Ele deve conter exercícios de alongamento e relaxamento garantindo uma boa flexibilidade da musculatura que será trabalhada.

Vale ressaltar alguns fatores que influenciam diretamente na execução do aquecimento. A idade, o condicionamento físico, a atividade física praticada e a temperatura ambiente. Quanto mais avançada é a idade da pessoa, mais cuidadoso, gradual e longo deve ser o aquecimento, pois o corpo apresenta maiores limitações. Quanto mais treinada e preparada fisicamente é a pessoa, mais intenso deve ser o aquecimento, pois o corpo já possui capacidade física o suficiente para responder a essa intensidade que potencializa os resultados do aquecimento. A atividade física praticada deve ser levada em consideração porque podem trabalhar e exigir mais de determinados músculos que, consequentemente, precisam de mais atenção e trabalho. A temperatura ambiente é um fator que muitas vezes é ignorado, mas que deve ser considerado, pois o corpo responde de maneira diferente na intensidade do aquecimento de acordo com a temperatura. Nos dias quentes o aquecimento pode ser reduzido porque o corpo pela própria temperatura já atinge o calor com mais facilidade. Nos dias frios, o corpo fica enrijecido, a musculatura fica um pouco travada. Nesse caso, é aconselhado um aquecimento num tempo mais longo, pois o corpo precisará de mais tempo para ser aquecido e pronto para a atividade física.

Estas são algumas dicas importantes para os artistas de teatro e dança! Façam sempre o aquecimento antes de iniciarem as atividades corporais. Aquecimento não é perda de tempo, mas sim ganho em desempenho corporal e cuidado com o próprio corpo.

 

Por Laianne Viana, Membro da Comunidade Recado.

 

 

Quer fazer a evangelização acontecer no seu ministério? Então CLIQUE AQUI. Quer saber como ela pode chegar o mundo inteiro?! CLIQUE AQUI