Deus, um mar de misericórdia!

Deus, um mar de misericórdia!

Nossa humanidade é como uma gota. Quando colocada no copo d’água, que somos nós, é capaz de causar transbordo e desestabilizar nosso equilíbrio interior. Mas pela fé temos a possibilidade de escolher diferente, de derramarmos essa mesma gota no mar, que é Deus.

Deus é um mar de amor e misericórdia. O que são nossas falhas, nossa miséria humana, senão uma pequena gota comparada à imensidão do mar de Deus? O perdão do Senhor é tão abundante que apaga todas as nossas culpas.

Ao se encontrar com o mar, uma pequena gota desaparece, seu tamanho passa a ser irrelevante se comparado à imensidão em que foi inserida e, após esse encontro, ela se torna parte desse mar. Assim somos nós também, somos cercados e inundados por tão abundante misericórdia, que passamos a viver dela a cada momento que nos arrependemos verdadeiramente.

Como disse Papa Francisco1, somos uma multidão de perdoados. É isso o que somos, pecadores perdoados. Não devemos nos acomodar na situação de pecadores, isso somos todos, é verdade, mas basta uma atitude nossa para que sejamos perdoados. Somos cercados pela abundante misericórdia de Deus, basta a nós aceita-la por meio dos simples e efetivos gestos do arrependimento e confissão.

“Não devemos nos esquecer nunca que Deus jamais se cansa de nos perdoar. O problema é que nós nos cansamos de pedir perdão. ” (Papa Francisco)2. Portanto não nos cansemos de pedir perdão, de buscar ao Pai por meio da confissão, não importa quantas vezes forem necessárias, pois a misericórdia do Pai apaga nossos pecados e Deus jamais se cansa de nos perdoar!

 

Por Rayssa Miranda, membro da Comunidade Recado.

 

Referências

[1] Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Papa Francisco sobre o Chamado à Santidade no Mundo Atual.

[2] http://arqrio.org/noticias/detalhes/241/papa-francisco-em-seu-primeiro-angelus-jesus-nao-despreza-nem-condena-so-perdoa-sempre