Descubra a sua fonte inesgotável de inspiração

Descubra a sua fonte inesgotável de inspiração

O artista busca sua inspiração em diversos lugares, situações, objetos, sentimentos, emoções. Tudo nas mãos de um artista pode ser transformado em arte. Essa busca reflete, sobretudo, um movimento interior, de encontrar dentro de si o sentido, o significado, as novas possibilidades e um olhar diferenciado. Mas o que significa inspiração?

A palavra inspiração é de origem latina e, grosso modo, significa “soprar” ou “insuflar”. Grande parte dos dicionários contemporâneos define inspiração como uma sugestão de origem transcendente que excita o artista a produzir. De acordo com o Dicionário Aurélio, inspiração significa ideia ou pensamento que surge de repente e/ou infusão da vontade divina na consciência humana.

Para os artistas católicos, a inspiração não é meramente uma ideia ou pensamento que surge repentinamente, mas um sopro divino do Espírito Santo sobre o homem. Dessa maneira, percebemos que a inspiração pressupõe um relacionamento, uma intimidade com Deus. Mas, então, como artista católico, onde encontrar uma fonte inesgotável de inspiração?

A Sagrada Escritura é a Palavra de Deus que se faz vida em nossas vidas. Dessa forma, a Palavra de Deus se torna para todos os artistas católicos uma fonte inesgotável de inspiração. Em cada parte das Sagradas Escrituras, vemos o Senhor inspirar o seu povo, suscitando em seus corações uma expressão de sua relação com a humanidade.

No tópico cinco da Carta aos Artistas, o Papa João Paulo II, hoje, São João Paulo II, nos apresenta a aliança profunda entre o Evangelho e a arte. Segundo ele, “... toda a intuição artística autêntica ultrapassa o que os sentidos captam e, penetrando na realidade, esforça-se por interpretar o seu mistério escondido. Ela brota das profundidades da alma humana, lá onde a aspiração de dar um sentido à própria vida se une com a percepção fugaz da beleza e da unidade misteriosa das coisas”. Para ele, “toda a forma autêntica de arte é, a seu modo, um caminho de acesso à realidade mais profunda do homem e do mundo. E como tal, constitui um meio muito válido de aproximação ao horizonte da fé, onde a existência humana encontra a sua plena interpretação”.

Encontramos na Palavra de Deus a beleza escondida nas entrelinhas de nossa história como cristãos e que suscita pelo sopro vital do Espírito Santo a capacidade de, por meio da arte, expressar essa beleza contida em Deus. Por isso, vale apena voltar o olhar às Sagradas Escrituras para encontrar ali a fonte de inspiração para essa arte que é dom de Deus. Mais do que dar a inspiração propriamente dita, a Palavra de Deus traz um olhar de amor para o mundo e toda a criação. Por ela o Senhor revela a beleza contida e, muitas vezes, escondida em suas criaturas, ela tem a capacidade de expressar nos artistas pela arte, a aliança eterna de amor entre Deus e os homens.

 

Por Laianne Viana, Membro da Comunidade Recado.

 

Referências

ARCARO, Matheus. De onde vem a inspiração? Disponível em: <http://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/2015/05/de-onde-vem-a-inspiracao.html#ixzz4JDW5P1Db>. Acesso em: 6 set. 2016.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Dicionário da língua portuguesa. 5. ed. Curitiba: Positivo, 2010. 2222 p.

JOÃO PAULO II, Papa. Carta aos Artistas. 1999. Disponível em: <https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/letters/1999/documents/hf_jp-ii_let_23041999_artists.html>. Acesso em: 6 set. 2016.

 

 

Qual a forma de fazer as formações católicas chegarem ao Brasil e ao mundo? CLIQUE AQUI e temos uma solução.