Cultive amigos que te aproximem do Céu!

Cultive amigos que te aproximem do Céu!

Paraíso é ter do lado alguém que nos ama ao ponto de colorir o que para nós eram trevas.

Os amigos devem dar ao nosso coração a centelha para manter a chama do amor por Deus cada vez mais acesa e forte. Cultivar amizades verdadeiras nos conduz a um aconchego seguro. Já dizia Santa Teresa de Jesus: "A amizade é a mais verdadeira realização da pessoa”.

Deus, presente no coração do irmão, ultrapassa-se para encher-nos de mais amor, mais sinceridade, mais partilha, mais oração, mais céu! Encontrar no coração do outro a sinceridade para se derramar torna nossa caminhada mais leve e agradável.

O coração humano foi criado para um amor que se movimenta, que é recíproco, e eu diria, multilateral... Vem de Deus para nós, vai de nós para nossos irmãos-amigos, invade nossas outras relações sociais, volta para Deus; e assim vai nos ensinando o verdadeiro sentido da fraternidade e da amizade.

Aceitar essa “invasão de território” está longe de ser fácil, ser fraterno e abrir o nosso mundo para “estranhos” é uma tarefa que requer vontade e esforço. Esforço esse que pode nos custar dores e renuncias pessoais. Deixar-se adentrar e conhecer exige que baixemos nossa guarda.

É importante entender que o outro só nos completa porque é completamente diferente de nós. É dever de caridade cristã acolher as diferenças do outro. Não é simples, porém infinitamente recompensador! Basta dar o primeiro passo. Basta abrir-se!

Devemos nos lançar ao outro buscando o melhor que ele tem a nos oferecer: Deus. Encontrar Deus que habita no irmão é descobrir o sentido de caminhar acompanhado. Dizia o poeta que é impossível ser feliz sozinho, talvez ele já tivesse desvendado esse mistério. Dar-se ao outro é ter certeza que receberemos sempre muito mais do que esperamos. Santa Teresa nos diz ainda que "A amizade com Deus e a amizade com os outros é uma mesma coisa, não podemos separar uma da outra".

Deus é exato e excessivo em nos amar, nos deu irmãos para serem o sopro de misericórdia que nos atinge.

Os irmãos-amigos conhecem nossas piores fraquezas e para eles podemos nos mostrar exatamente como somos; sem farsas, sem medos, sem máscaras. Com a luz do amor de Deus eles nos lançam pra frente; nos levantam, nos corrigem, nos fazem felizes, nos apresentam o céu!

Cultivar amizades sólidas é cultivar vida de Deus em nosso coração. Ele nos olha, nos sorri e nos diz: vejam como eles se amam!

Por Hortência, Membro da Comunidade Recado.

CLIQUE AQUI para descobrir porque esse texto não foi feito só para você e como ele pode chegar à sua cidade INTEIRA!