Como lidar com ministros que têm dificuldades técnicas?

Como lidar com ministros que têm dificuldades técnicas?

Nos ministérios artísticos (Dança, Música, Teatro ou outro) que você coordena ou precisa estar a frente em alguma missão, já teve dificuldades com uma ou mais ovelhas que possuíam pouca ou nenhuma técnica? Como você agiu diante dessa situação?

CLIQUE AQUI e faça sua inscrição no Webinário "Técnica e Unção é crescer ou morrer!"

Enquanto coordenador de ministério artístico, você já deve ter percebido que suas ovelhas são muito sensíveis. Isso porque a alma do artista é muito sensível, o que ajuda na realização de sua arte, mas também dificulta alguns pontos da vivência ministerial.

Algumas ovelhas possuem um dom mais aguçado e têm facilidade para aprender questões técnicas com mais facilidade. Outras, por sua vez, possuem indiscutivelmente o dom, mas precisam fazer sua parte, “suar a camisa” para crescer tecnicamente, ou seja, precisam estudar mais, ensaiar mais, dedicar-se mais no curso etc. É importante ressaltar que, independente do nível técnico, o estudo é sempre importante.

CLIQUE AQUI e faça sua inscrição no Webinário "Técnica e Unção é crescer ou morrer!"

Como coordenador, é essencial que você esteja atento a essas ovelhas, assim como é importante saber conduzi-las com amor por meio de direcionamentos. E tudo isso é feito com amor, como nos diz o Papa Francisco: “Não se pode corrigir uma pessoa sem amor e sem caridade. Não se pode fazer uma cirurgia sem anestesia, pois o doente morrerá de dor. E a caridade é como uma anestesia, que ajuda a receber o tratamento e aceitar a correção. Apartar-se e conversar, com mansidão e com amor.” Portanto, ao direcionar sua ovelha, é preciso que haja muito cuidado e amor.

Além disso, o Papa direciona-nos a falar a verdade. Em suas palavras, “quando nos dizem a verdade, não é belo ouvi-la, mas se dita com caridade e amor, é mais fácil aceita-la”. Sendo assim, algumas dicas podem ajudar na condução de suas ovelhas.

CLIQUE AQUI e faça sua inscrição no Webinário "Técnica e Unção é crescer ou morrer!"

  • Não deixe de atribuir afazeres à ovelha por ela possuir menos técnica que as outras. Claro que ela não poderá ter funções que exijam muita desenvoltura técnica, mas ela sempre poderá fazer algo que a motive e a faça sentir-se parte.
  • Procure ter uma conversa particular com essa ovelha, de modo que ela possa entender seu ponto de vista e direcionamentos, ajudando-a assim a melhorar. É como diz o ditado, “elogie em público e corrija em particular”.
  • Valorize cada melhoria de sua ovelha, reconheça seu esforço. Confie na capacidade e no esforço dela.
  • Descubra pontos em que ela se desenvolva melhor. Por exemplo, perceba qual gênero musical ela tem mais facilidade para tocar ou cantar, qual ritmo ela tem mais desenvoltura ao dançar, qual gênero ou atividade do teatro ela tem melhor desempenho, entre outros.
  • Proponha desafios às ovelhas com dificuldades colocando-as para servir, pois assim elas sentirão a necessidade de melhorar e também verão que há confiança em seu desenvolvimento técnico.
  • E a dica mais importante: reze por suas ovelhas. Una-se em oração com seu ministério e seja dócil ao Espírito Santo. Além de atitudes concretas, promova também momentos de convivência no seu ministério, para que este seja mais íntimo e, assim, todos possam se ajudar.

Seja, antes de tudo, um fiel perseguidor da humildade, nem sempre o coordenador é o “melhor” em termos técnicos. Então procure também o seu próprio aperfeiçoamento.

CLIQUE AQUI e faça sua inscrição no Webinário "Técnica e Unção é crescer ou morrer!"

Por Cláudia Pessoa, Membro da Comunidade Recado.

 

 

 

Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.