Como dramatizar as histórias bíblicas?

Como dramatizar as histórias bíblicas?

O teatro é uma expressão artística que, desde as suas origens, possui relações com o fenômeno religioso. Sua parente antiga, a tragédia grega, era comum de acontecer em contextos de festas religiosas em comemorações àqueles cultos antigos. Na Idade Média, o teatro esteve fortemente envolvido em apresentações voltadas para a Igreja e a Bíblia, bem como celebrando festas do calendário católico.

Hoje em dia, muitas comunidades e grupos de oração usam o teatro como ferramenta de evangelização. E muitas peças de teatro são criadas para cumprir esse objetivo através de encenações dramáticas de histórias contidas na Bíblia. Em especial a Paixão de Cristo é um dos textos sagrados mais adaptados para o palco. Por isso é importante fazermos algumas recomendações para melhorar nosso serviço nesse campo.

Primeiramente é de suma importância que se estude a Bíblia a fundo ao se fazer uma montagem teatral bíblica. A Bíblia é um livro que precisa ser estudado em seu contexto total para que se possa melhor aproveitar a sua mensagem. Cursos bíblicos, livros sobre o assunto, pregações são essenciais para se crescer no domínio do assunto. Ao se fazer teatro é sempre importante se ter algum trabalho de pesquisa sobre o assunto a ser tratado na peça e o assunto Bíblia não foge a essa regra. Através do estudo podemos evitar cometer alguns erros que são conhecidos como anacronismo, que seria um não respeitar uma determinada época histórica atribuindo atitudes ou épocas que não estejam de acordo com o tempo. Colocar os discípulos de Jesus usando gírias ou ditados populares de nossa época pode ser um exemplo disso. Se esses erros escapam à nossa percepção nós podemos estar comprometendo nosso próprio trabalho de evangelização.

Além de se buscar cometer erros históricos é importante que se estude um pouco da cultura judaica da época para que as cenas se tornem mais verossímeis, isto é, mais próximas do comportamento adequado de um judeu da época de Jesus. Quando esses detalhes são bem apresentados para o público isso ajuda a que toda a peça de teatro consiga transportar quem assiste para uma época e cultura diferentes das suas. Com isso, a mensagem bíblica tem muito mais chances de atingir o público e leva-lo a pensar e até mesmo rezar. A Bíblia não pretende ser um livro que faça um minucioso relato histórico dos fatos passados. Por isso muitos fatos e acontecimentos não foram escritos e cabe ao escritor da adaptação teatral preencher essas lacunas para poder contar sua história. O estudo da cultura judaica da época de Jesus ajuda muito nesse sentido.

Ao se decidir fazer uma peça bíblica é importante também pensar em outros detalhes de ordem prática, principalmente se for uma peça que se pretenda narrar a Paixão de Cristo. Isso significa que você vai precisar de um elenco bem considerável de atores e que esse número maior acarreta como consequência preocupações maiores. Se temos mais atores, vamos precisar de um espaço maior para a apresentação, mais figurinos, mais maquiagem. Também será preciso uma equipe maior conduzindo os ensaios. Os trabalhos com maquiagem, cenário, figurinos acontecem com mais segurança e velocidade se forem confiados a outras pessoas que não diretor da peça. Se ele puder contar com um assistente de direção seria algo muito bom, principalmente para as cenas com vários personagens presentes. Não podemos deixar de falar que toda essa estrutura requer dinheiro e tempo para serem bem executadas. Muitos grupos de teatro apresentam a Paixão de Cristo na época da Quaresma ou Páscoa, então o seu público provavelmente já assistiu alguma montagem da Paixão. Isso significa que ele estará mais exigente e que seu trabalho precisa ser muito bom para que possa atingi-lo positivamente.

Por fim, tenha cuidado com os clichês também. Um clichê é uma repetição, um chavão que está desgastado pelo seu uso excessivo. Um exemplo disso é a insistência de se apresentar Jesus usando uma túnica branca com um pano vermelho colocado sobre ele na diagonal. Você não precisa vestir necessariamente e unicamente o seu ator com esse figurino para que as pessoas entendam que se refere a Jesus. Estude a Bíblia, reze com ela. Você também vai encontrar muitas outras boas histórias de evangelização que não são tão conhecidas do público em geral. E procure fazer de uma forma que mantenha o seu público entretido. Algumas pessoas podem nunca ler a Bíblia na vida. Mas, podem ir para uma peça de teatro sua.

 

Por Leonardo Falconeri, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

 

 

Quer fazer a evangelização acontecer no seu ministério? Então CLIQUE AQUI. Quer saber como ela pode chegar o mundo inteiro?! CLIQUE AQUI