ARTISTA: Você tem humildade para deixar Deus lhe lavar os pés?

ARTISTA: Você tem humildade para deixar Deus lhe lavar os pés?

Passagem da antiga para a nova vida. Ressuscitados com Cristo, vivemos este tempo de Páscoa, de uma vida transformada, resgatada. Vivemos a alegria da vitória de Cristo que nos abre novamente as portas do céu, pagando com seu Sangue nosso resgate. Toda essa mística da preparação para a Páscoa, inicia-se no humilde ato do lava-pés. Com esse ato, Cristo nos mostra o primeiro passo a ser dado para que possamos celebrar uma verdadeira transformação de vida, uma verdadeira Páscoa.

 Jesus mostra claramente aos discípulos, especialmente a Pedro, o passo que precisa ser dado: “Se não vos lavar os pés, não terás parte comigo”. Aos que ainda não compreendem a lógica de Deus e querem impedir de lavar-lhes os pés, Jesus é taxativo. Ele, sendo Senhor, deseja que nós tenhamos parte na sua obra e, assim participemos da sua glória. É essa a contrapartida: permitir que o Senhor nos lave os pés e ter participação na sua obra de amor. Quão difícil é esse entendimento para a nossa humanidade limitada. O único Mestre e Senhor abaixando-se até nossos pés, pés que tocam a terra, sujos, com ferimentos, machucados. O Senhor que se faz escravo, servo, toca nossa terra, o pó do qual fomos feitos, desejoso de lavar nossos pecados, nos purificar, cuidar de nossa miséria.

Nessa atitude de escravo deixa-nos uma ordem: amem uns aos outros, como eu vos amei. Sim, amem a todos como estou mostrando a vocês. Assim lavem, amem, limpem, tratem os pés dos outros também. Enfim, amem uns aos outros, sejam servos.

A partir do momento em que entendemos que o Senhor quer e deseja alcançar nossos pés e lavá-los iniciamos nosso processo de passagem rumo à ressurreição com Cristo. Quando nos permitimos viver esse ato de amor de Jesus, somos verdadeiros objetos da sua infinita misericórdia.

Nessa perspectiva, precisamos pedir insistentemente ao Espírito Santo que venha nos educar para aceitarmos a misericórdia e deixar que o Senhor lave nossos pés, nos ensinando assim a sermos servos uns dos outros. A Páscoa se faz todos os dias. À medida que deixamos que Jesus nos lave os pés, morremos para a vida velha e vivenciamos a nova vida com Ele. É aí que celebramos a verdadeira transformação da nossa vida.

Por Priscilla Viégas, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

Quer fazer a evangelização acontecer no seu ministério? Então CLIQUE AQUI. Quer saber como ela pode chegar o mundo inteiro?! CLIQUE AQUI