Artista, seu dom transborda no cotidiano ou somente em cena?

Artista, seu dom transborda no cotidiano ou somente em cena?

A vivência em comunidade não é somente uma iniciativa baseada na decisão humana. A escolha é feita primeiramente pelo próprio Jesus. A vida em comum exige e permite que cada um acolha a si e aos outros como realmente são, com suas qualidades e limites.

Artista, você possui uma sensibilidade única, onde sua personalidade deve estar moldada a serviço do outro. É preciso colocar seu dom também nos detalhes do dia a dia, como: o modo de dispor os móveis de sua casa, ajeitar as flores com beleza, o modo de colocar as refeições e os pratos sobre a mesa e tantas outras atividades que causam alegria quando se contempla a beleza. Para alguns, estes trabalhos menores representam uma perda de tempo, mas para quem tem o chamado a viver em comunidade sabe quanta diferença existe nessa maneira de manifestar o amor para com os outros.

Na vida comunitária existem os conflitos que fazem parte de nossa fragilidade e nos lembram que somos vasos de barro (2 Cor 4,7), enquanto gostaríamos de ser vasos preciosos. Para viver tais conflitos de modo construtivo é útil não sonhar com comunidades perfeitas e para tanto, são necessárias as decepções, sabendo que o que deve dar sentido a tudo é a fraternidade e o amor que foi dado do Alto.

É peciso ter como referência, o Artista maior, como nos ensina o Papa Francisco ao afirmar que “o encontro com o Senhor nos coloca em movimento, nos impele a sair da autorreferencialidade” (FRANCISCO, 2014, p.22). Portanto, aquele que é chamado a viver em Comunidade, deve estar ciente que o seu dom deve ser manifestado, principalmente, através do amor colocado nas coisas e pessoas ao seu redor.  

 

Referência:

FRANCISCO, Alegrai-vos: carta circular aos consagrados e às consagradas, 1ª edição, Paulinas, 2014.

Por: Waleska Bezerra, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

Você acha que está faltando mais formação para os artistas católicos? Então CLIQUE AQUI e temos uma solução para te apresentar.