Abandono em Deus

Abandono em Deus

“O amor lança fora todo temor, é paciente, tudo suporta, tudo crê, tudo espera […]” (I Coríntios 13,4-7). É por isso que quem ama confia! O abandono é uma atitude de confiança, fruto da maturidade, e a maturidade não se alcança de uma hora para outra, é preciso ter paciência com o tempo, dar passos e superar os obstáculos. A experiência do abandono em Deus passa pela descoberta do Seu amor incondicional por nós.

Para Santa Teresinha "o tema do abandono em Deus tem um lugar especial: consiste em deixar Jesus tomar e dar tudo que Ele desejar, isto é, fazer a Sua vontade sem reservar nada para si, nem mesmo a alegria de saber o resultado (LT 142). É abandonar-se com grande confiança ao amor, que é sempre o primeiro". 

O medo do abandono é ultrapassado pela confiança na misericórdia em razão do próprio caminho que a torna acessível: a pequenez. Fazer-se pequeno para acolher O maior. Somente a "pequenez desejada" e a fragilidade oferecidas nesse clima de confiança permitem abandonar-se nos braços de Jesus. Somente Deus sabe nos fazer desejar o que verdadeiramente desejamos. Confiar em Deus em todas as circunstâncias!

 

Por Paulinha Nogueira – Membro da Comunidade Recado.

 

Referência

  1. Livro: A confiança faz milagres (Pouliquen, Tanguy Marie).