A Palavra de Deus tem te conquistado?

A Palavra de Deus tem te conquistado?

Não podemos negar o fato de que a cada momento somos conquistados e “aprisionados” pelo Evangelho de Jesus Cristo, sua vivência e divulgação (RVR 09). Este é um processo que requer paciência e, acima de tudo, cuidados. Paciência porque leva tempo, muitas vezes são histórias de muitos anos que precisam de um resignificado, e isso não acontece da noite para o dia; cuidado porque no caminho de conversão devemos nos deparar com situações desagradáveis, encontros pessoais, que trazem à tona feridas que julgávamos estarem completamente curadas.

A dúvida, o sofrimento, a tristeza e a inimizade não podem ser obstáculos definitivos para nossa caminhada; pelo contrário devem ser degraus que nos levam cada vez mais alto, para o reino de Deus; contudo, segundo Joyce Meyer, pregadora norte-americana, “toda vez que queremos ir mais alto, é melhor termos consciência de que a carne necessita ir mais baixo”1.

Muitas vezes precisamos ir ou permanecer em um lugar que nos seja desconfortável por um tempo, para irmos mais longe, lá na frente. Hoje Deus te quer exatamente onde você está, mesmo sem neste momento encontrar sentido ou muitas razões para tal decisão. Compreender as determinações do Espírito Santo requer intimidade com Ele, e só a teremos quando mergulharmos no profundo do nosso ser. Os grandes padres do deserto pregavam o absoluto retiro porque deste modo acreditavam ser um caminho mais coerente e seguro para ser chegar a Deus, daí o porquê de alguns deixarem suas casas e vidas seculares e decidirem-se integralmente pela vida consagrada, quando previamente houve um encontro pessoal e definitivo com o Espírito Santo e “todo o resto” ganhou novos contornos.

Jesus se retirava para rezar, vemos este exemplo na passagem de Lucas (Lc 4, 1), mas Ele o fazia cheio do Espírito Santo, ou seja, o próprio Espírito Santo é quem, também nos conduz a uma vida de oração. Por isso, para esta semana, peço que a oração de vocês seja clamando pelo Espírito Santo, não o façam com pressa ou com preguiça. Pegue as passagens sugeridas ao final e faça os passos da Lectio Divinae (Entenda mais AQUI), percebendo o que Deus está querendo lhe dizer. Lembre-se ainda de que Deus não rejeita a oração do humilde.

Passagens sugeridas: Sl 50; Lc 1, 26-35; Mt 5, 14-16.

Aplicativos como o Católico Orante podem ajudar com outras passagens e orações! Seja fiel!!!

 

 

Por Liano Levy Vieira, Membro Compromissado da Comunidade Recado.

 

 

1. Meyer, Joyce. In. DVD Homem espiritual e Discernimento.

 

 

 

 

CLIQUE AQUI para saber o que é possível fazer pela arte católica no Brasil.