11 dicas essenciais para ser um bom pregador.

11 dicas essenciais para ser um bom pregador.

Antes de tudo, o pregador é chamado por Deus para exercer esse dom, principalmente para aqueles que receberam a graça de saber se expressar bem em público. E claro, todos são chamados a propagar o Evangelho, ainda que não seja para grupos de pessoas e auditórios, assim como diz nas Sagradas Escrituras: “Ai de mim se eu não evangelizar”! (1 Cor 9,16).

Abaixo segue algumas dicas para você que já é pregador, e também para aqueles que trazem no coração o desejo de exercer esse dom. O mais importante é pedir sempre à Deus a graça de ser um pregador segundo o coração Dele.

1 - Piedade: O pregador deve buscar uma íntima comunhão com Deus, profundo amor às almas perdidas e dedicação ao estudo da palavra de Deus. Deve exercitar-se na busca da piedade.

2 - Dons naturais: Raciocínio claro e lógico. Imaginação fecunda e criadora, voz cheia e harmoniosa, aparência física agradável, expressão alegre. 

3 - Cultura: O pregador deve ter conhecimentos relacionados à sua missão, tais como Teologia, História Eclesiástica, Psicologia. Conhecer o ser humano, seus distúrbios e desajustamentos da personalidade oriundos de complexos, psicoses, manias, conhecer a natureza humana como um todo. 

4 - Habilidade: Maneira agradável, original e engenhosa de raciocínio e expressão do pensamento. Processo de colecionar, escolher e dispor o material a ser pregado.

5 -Sinceridade: O pregador deve pregar o que vive, caso contrário, não tocará os corações de quem o ouve.

6 - Humildade: O pregador deve ter consciência que o mérito não é dele, que ele é instrumento de Deus na vida das pessoas.

7 - Mansidão: Segundo Salviano (1999: 31) “Mansidão é aquela qualidade de não se sentir facilmente ofendido. É a resposta que a humildade dá ao ataque. É a capacidade para dizer as coisas certas e abster-se de dizer as erradas. ” Esse atributo está diretamente relacionado ao domínio próprio. Aquele que é manso suporta as críticas sem se ofender.

8 – Sensibilidade: O pregador deve ser sensível à voz de Deus e às necessidades humanas para que passe a mensagem que o seu público precisa ouvir e acolher. 

9 - Cheio do Espírito Santo: Uma mensagem sem a unção do Espírito será vazia e sem vida. Essa unção virá através de uma vida de oração, jejum e comunhão com Deus. 

10 - Autêntico: O pregador deve evitar imitar qualquer outra pessoa. Mesmo que o estilo do pregador seja simples, ele deve ser autêntico. O pregador deve ter o seu estilo próprio.

11 – Dedicação à leitura e ao estudo: O pregador deve ser uma pessoa que gosta de ler e escrever e que se preocupa com a linguagem falada e o emprego correto das regras gramaticais, observando as regras de coesão e coerência na composição de um texto. O material deve conter começo, meio e fim.                                      

 

Por Jacqueline Gelain, membro da Comunidade Recado.

 

Referências

  1. http://jovens2ipr.blogspot.com/2012/12/dicas-requisitos-essenciais-do-bom.html