7 motivos que mostram a importância dos sacramentos para o artista

Já no início da nossa caminhada nós conhecemos a importância dos sacramentos. O primeiro, inclusive, que recebemos é o do Batismo. Esse sacramento abre as portas para a nossa jornada de fé rumo à santidade. Contudo, vale destacar que os sacramentos, além de conferir a nós graças particulares, são fundamentais para que possamos desenvolver a nossa missão na Igreja e na sociedade.

Portanto, quando falamos da missão dos artistas, podemos dizer que os sacramentos ganham um tom ainda mais especial. Isso porque a vivência dos sacramentos faz com que o artista transborde para o público a verdadeira beleza que vem de Deus. Nesse sentido, vamos, a seguir, compreender de forma mais detalhada a importância dos sacramentos para os artistas.

1 – O Batismo nos confere a graça de morrer para o pecado

Segundo o Compêndio de Teologia Ascética e Mística de Adolpho Tanquerey, o sacramento do Batismo purifica todo homem do pecado original, fazendo com que ele seja regenerado em uma vida nova em Cristo. 

Além disso, somos fortalecidos por uma graça que nos leva a morrer para o pecado e lutar todos os dias contra as principais tendências para o mal que existem em nós. Ainda, a partir do Batismo, passamos a participar de forma ativa da vida de Cristo e da Igreja. Portanto, somos permeados também por um imenso desejo de imitar as virtudes de Jesus.

2 – A Confirmação torna-nos soldados de Cristo

A Confirmação nos faz soldados de Cristo porque acrescenta à graça do Batismo uma força especial para professarmos de forma autêntica a nossa fé. Deixamos toda vergonha e respeito humano de lado para que assim possamos viver livremente o nosso chamado como filhos de Deus.

“É para isso que os dons do Espírito Santo, que nos tinham sido já comunicados no Batismo, nos são nesse dia conferidos de modo mais especial para iluminarem a nossa fé, tornando-a mais viva e penetrante, e fortificarem ao mesmo tempo a nossa vontade […]” (Compêndio de Teologia Tanquerey, nº 252)

3 – A Eucaristia nutre nossa alma

A missão do artista tem a Eucaristia como principal alimento. Ainda de acordo com o Compêndio de Tanquerey, uma vida divina, ou seja, uma vida marcada por uma missão tão particular como é a dos artistas, precisa ser alimentada, nutrida, por um alimento divino. 

Por fim, a Eucaristia é esse alimento divino capaz de nos sustentar e de nos transformar em outro Cristo. Por isso, tenhamos a Eucaristia como prioridade no nosso cotidiano.

4 – Pelos sacramentos somos transformados em novas criaturas

Quando inserimos os sacramentos no nosso dia a dia, passamos a experimentar a força de Deus, que é capaz de nos transformar em novas criaturas. Isso porque cada sacramento alcança o nosso coração e a nossa alma de forma particular. 

Inclusive, podemos dizer que cada sacramento conquista o nosso ser para Deus. Desse modo, vamos nos tornando cada vez mais santos, mais felizes, mais testemunhas de Cristo.

Portanto, ao falarmos da importância dos sacramentos para os artistas, não podemos deixar de mencionar os benefícios que esses dons de Deus fazem para a alma e para o coração. 

O artista que entende e vive bem esse aspecto contemplará os frutos da sua missão na Igreja e na sociedade. Por isso, vale a pena deixar que os sacramentos nos transformem em novas criaturas, começando, sobretudo, dentro de nós.

5 – O sacramento nos confere a graça necessária para a missão

Segundo o Catecismo da Igreja Católica (CIC), ao vivermos a experiência do Batismo, nós nos tornamos ‘pedras vivas’, capazes de construir um belo edifício espiritual. 

Portanto, nós também somos incorporados na missão da Igreja e na missão de Cristo, a partir da missão pessoal que cada um de nós carregamos. Assim, nós vivemos esse chamado de forma perfeita auxiliados pelos sacramentos. É deles que vem a graça necessária para que possamos cumprir o plano de Deus a nosso respeito.

6 – A Confissão lava nossas almas do pecado

Sobre a Confissão, o Compêndio de Teologia Tanquerey nos diz o seguinte: 

“Se temos a infelicidade de perder a vida da graça pelo pecado mortal, o Sacramento da Penitência [também conhecido como da Confissão] lava as nossas faltas no Sangue de Jesus Cristo, cuja virtude nos é aplicada pela absolvição, contanto que estejamos sinceramente contritos e decididos a romper com o pecado” (Compêndio de Tanquerey, nº 254).

Por isso, diante das tentações, precisamos estar sempre atentos e, se acaso viermos a cair em pecado, não podemos esperar muito. Precisamos correr para a Confissão a fim de deixar que o Sangue de Cristo nos lave por inteiro. 

Contudo, há quem diga que o pecado é como um pequeno foco de incêndio em uma casa, se não for apagado logo, pode comprometer toda a estrutura. Portanto, devemos buscar imediatamente o Sacramento da Penitência para que, reconciliados, possamos oferecer o melhor para Deus e para os nossos irmãos.

7 – Usar os nossos talentos em santidade para missão

A nossa missão ganha ainda mais força quando usamos os nossos talentos com a unção própria do Espírito Santo. E essa unção, como vimos, vem dos sacramentos. Por isso, eles precisam fazer parte da nossa rotina, da nossa vida. 

Os sacramentos são dons preciosos dados por Deus. Contudo, podemos muitas vezes não aproveitar toda a potência que eles são capazes de nos dar quando não os vivemos da melhor forma. Portanto, vale ressaltar: fiquemos sempre atentos em relação a como estamos vivendo os sacramentos na nossa missão.

Confira mais formações exclusivas para artistas católicos em nosso site. Acesse agora! 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Leia também:

Deixe uma resposta

Comunidade Recado

© 2021 comunidade católica recado. feito por fluxo soluções digitais.